Obras de reforço estrutural contemplam Terminal de Santos

Com o objetivo de priorizar o aprofundamento dos berços de atracação do cais santista e garantir a segurança das operações, a Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo) está realizando obras de reforço e fortalecimento das estruturas do cais em pontos do Complexo portuário. Para o órgão, 2015 será marcado por empreendimentos que potencializarão as atividades no cais santista.

O trecho que contempla o Terminal de Santos, da Rumo, já está em obras e terá grande parte de suas estacas do cais substituídas. A previsão é de que a profundidade do projeto dos berços seja ampliada para 15 metros. O reforço é essencial para que, quando as áreas de atracação forem dragadas, a estrutura do costado seja preservada.

O Terminal da Rumo, líder mundial na logística de açúcar para exportação, já conta com o maior calado do Porto, com 13 e 13,5 metros em seus berços de atracação, garantindo sua produtividade e eficiência operacional.